Guandalini Posicionamento

Vantagem do levantamento usando Drone equipado com PPK

Tempo de leitura: 5 minutos.

Redução de pontos de controle, este é o conceito que deve vir em mente quando se pretende utilizar a técnica de posicionamento relativo PPK (Post-processing kinematic) para aerolevantamentos utilizando drones. A técnica vem sendo um grande avanço em se tratando principalmente de aerolevantamentos de pequeno porte. Desde o surgimento da aerofotogrametria, a necessidade de pontos de controle sempre esteve presente, sendo de suma importância para a obtenção de um produto preciso e de qualidade.

Implantar pontos de controle não é uma tarefa fácil, ela exige todo um estudo prévio, além da necessidade posteriori de ir a campo, em locais que nem sempre são de fácil acesso ou que possua algum risco, seja por questões ambientais ou sociais, como matas, encostas, aterros sanitários, minas a céu aberto, ou comunidades que possuem um alto índice de criminalidade. Essa etapa de implantar os alvos introduz ao projeto um grande aumento de tempo na execução do levantamento, além claro, de aumentar muito os custos, uma vez que se faz necessário deslocar uma equipe para percorrer todo o terreno implantando e medindo os alvos, além da demora para entregar ao cliente o produto final.

Com o advento do PPK, a necessidade por um grande número de pontos de controle não se faz mais necessário, uma vez que a técnica permite obter as coordenadas precisa do centro de cada foto no exato momento de sua obtenção, introduzindo assim um novo conceito na aquisição de produtos aerofotogramétricos de alto precisão.

Assim sendo, a grande redução dos pontos de controle, diminuí muito o tempo para execução do levantamento aerofotogramétrico, uma vez que a etapa de percorrer o terreno implantando pontos é diminuída, se não eliminada, logo, como no linguajar popular, tempo é dinheiro, ou seja, a execução do levantamento será mais rápida, o que acarreta em uma entrega do serviço em um tempo menor, além da diminuição de gastos com equipes de campo.

A Guandalini Posicionamento, representante oficial da marca Emlid no Brasil, vendo esse mercado, não perdeu tempo, junto de sua equipe de engenharia, desenvolveu os KIT PPK 1 monofrequência (L1) e PPK2 multifrequência (L1/L2C), equipados com as placas receptoras GNSS Reach M+ e Reach M2 respectivamente, para os drones da fabricante DJI, modelos Phantom 4 ADV/PRO, Mavic 2 Pro e Matrice 200/210 e o software de pós-processamento e geotagging GPPK.

Entre em contato com a equipe de vendas da Guandalini Posicionamento para maiores detalhes deste conjunto de solução PPK único, desenvolvido a nível nacional.

A nova onda: Laser Scanners

Tempo de leitura: 5 minutos

Com o aumento da crescente demanda para trazer a realidade para o computador o Laser Scanner vem ganhando cada vez mais espaço no modo de aquisição de dados. Essa tecnologia tem se tornado cada vez mais eficiente.

Bom, está crescendo, se tornando eficiente, mas o que é o Laser Scanner?

O Laser Scanner serve para aquisição de pontos e trabalha de uma forma similar a estação total, porém, adquire milhões de pontos a cada segundo e quando posicionado em diversos locais diferentes, o conjunto de pontos, popularmente chamado de nuvem de pontos, pode ser constituído por milhões e milhões, chegando até a bilhões de pontos.

Com essa quantidade enorme de pontos, a representação do objeto se torna cada vez mais fiel à realidade, e assim, a necessidade de retornar para a área em estudo fica cada vez menor, pois além dos milhões de pontos obtidos, os Laser Scanners também capturam imagens e até imagem termal, como é o caso do Leica BLK360.

As nuvens geradas pelos Laser Scanner possuem precisões altas, podendo chegar até 4mm em 100m dependendo do equipamento. A precisão está relacionada com o tipo do Laser Scanner, se ele é estático ou cinemático.

Laser Scanner Estático

Como o próprio nome diz, o equipamento permanece estático durante a aquisição dos dados. Este tipo de equipamento é mais preciso e existem modelos no mercado que podem alcançar até 2.000 metros. Algumas aplicações são:

  • Arquitetura: gerar modelos 3D
  • Criminalística: reconstrução de cena de crime
  • Industrial: As-Built
  • Inspeção: análise de estrutura, fissuras, eficiência de dissipação de calor
  • Mineração: cálculo de inventário
  • Monitoramento: estruturas como barragens e etc

Alguns modelos de Laser Scanner Estático são:

Laser Scanner Cinemático

Este tipo de equipamento realiza a aquisição de dados enquanto está sendo movido, geralmente possuem precisões mais baixas e o alcance máximo varia de 5 metros até aproximadamente 100 metros e as aplicações podem ser:

  • Engenharia reversa: construção de peças
  • Arquitetura: gerar modelos 3D
  • Criminalística: reconstrução de cena de crime
  • Mapeamento de larga escala: rodovias, árvores, postes, etc

Os Laser Scanners cinemáticos podem ser usados sendo transportados por veículos ou até mesmo por uma pessoa, em modelos de mochilas ou com a mão nos modelos mais compactos, como estes dois exemplos:

Agora que você já conhece as inúmeras possibilidades que o Laser Scanner te proporciona, é hora de conversar com a equipe de consultores da Guandalini e descobrir o melhor plano de aluguel ou aquisição para que você possa utilizar toda essa tecnologia a seu favor.

Plano Hexaline

O Plano de Carreira da sua Estação Total. 
Não perca e acompanhe o vídeo abaixo com todas as informações para você fazer o UPGRADE da sua Estação Total no Plano Hexaline de atualização. Confira!

Se você é um profissional que se interessou pelo plano de atualizações HEXALINE, saiba que poderá adentrar a este plano de carreira, mesmo possuindo uma Estação Total de outra marca. Trocando seu equipamento por uma Estação total Zoom10 ou Zoom10 com Xpad, você terá dado o primeiro passo para a evolução tecnológica Geomax e Leica. Em seguida poderá migrar passo a passo, ou até mesmo saltando passos e evoluindo mais rapidamente, com equipamentos cada vez mais produtivos.
Ao decorrer do tempo, você poderá entregar sua Estação Zoom10 e levar uma Zoom25, repetindo os passos gradativamente e ir melhorando cada vez mais suas ferramentas de campo. Para você que já possui uma Estação Total Geomax, também terá direito a engrenar neste cenário, bastando trocar seu equipamento usado, por um novo, e evoluindo com a gente.
Tendo uma Zoom50 em mãos, além de estar produzindo com mais clareza nos dados, estará a um passo de entrar no universo Leica Geosystems, pois com o Plano Hexaline, você poderá entregar sua Estação e sair com a TS03, com gatilhos de medições, rosca sem fim e suas tecnologias. Quando o assunto é tecnologia e facilidade, caminhe sempre ao lado da Guandalini Posicionamento e sua rede de Representantes, lhes proporcionando a evolução instrumental e profissional.
Aos já usuários de Equipamentos Leica, convidamos a nos conhecer e trazer sua Estação com certo tempo de uso, e trocar por um equipamento novo, assim como também possibilitar a permuta futura para um aparelho superior. Após algumas trocas e evoluções, com equipamentos que lhe permita produzir mais e com muita precisão, a caminhada ao topo será curta, onde temos um excelente instrumento chamado Leica TS10, com seu incrível software interno CAPTIVATE, estando assim no topo do mercado em se tratando de Estações Totais Manuais.
Entre em contato agora mesmo com um dos Representantes Hexagon Guandalini mais próximo de você e venha conhecer melhor este plano sensacional para sua empresa.