Guandalini Posicionamento

Reach RS+ – O GNSS mais robusto do Brasil

reach rs+

A Emlid não brinca em serviço com seus GNSS RTK, isto é um fato comprovado. Além de toda tecnologia agregada no seus equipamentos, eles também são de uma aparência de dar inveja na concorrência. 

O Reach RS2 ganhou o coração de todo o Brasil e foi eleito o RTK mais vendido no país nos ultimos anos. Mas para acontecer uma evolução desta magnitude, antes tem que existir uma história. 

E o artigo de hoje, será justamente sobre esta parte não contada: 
O Reach RS+, o predecessor do RS2, o GNSS mais robusto do Brasil, pode até ser um pouco mais antigo. Mas de velho, não tem nada!

Conheça o Reach RS+ e entenda por que a EMLID é líder em qualidade de equipamentos de geomensura desde sempre.

Reach RS+ é casca grossa

No quesito durabilidade, esse vovôzinho é duro na queda. Ele tem uma carcaça com tecnologia IP67 que o torna protegido da água, poeira e queda. E flutua, então você não precisa se preocupar em perdê-lo no meio de um lago ou rio. Além de suportar temperaturas de 20º celsius abaixo de zero até 65ºC positivos.

E tudo isso, pesando apenas 690gr.

E caso você esteja preocupado com o quesito tecnologia, não precisa se preocupar. Pois a EMLID deixou claro que os receptores Reach RS e Reach receberão atualizações de software com melhorias e novos recursos junto com os novos modelos.

Reach RS+

E também, que os receptores continuarão a se comunicar com outras marcas, graças ao uso dos formatos RTCM3 e RINEX, o Reach RS é compatível com os receptores RTK existentes das principais marcas, bem como com redes de referência em todo o mundo. 

Além da conectividade com outras marcas, o Reach RS+ também se comunica com os novos modelos da marca. Os modelos RS e RS+ são totalmente interoperáveis. Você pode ter uma frota de dispositivos mistos e usá-los em qualquer combinação que precisar.

Experiência, que só o RS+ pode lhe entrega

Com o Reach RS, você pode criar projetos de pesquisa para gerenciar a coleta de dados. Ao trabalhar no campo, cada ponto recebe um nome e um deslocamento personalizados. Os resultados podem ser baixados da lista de projetos.

Com uma precisão de menos de 1 cm a mais de 8 quilometros de distância, o GNSS Reach RS+ consegue bater de frente com qualquer RTK da nova geração. 

O Reach RS+ trabalha com todos os modelos de CAD e leitores de dados de geomensura do mercado, entre eles DXF, CSV, GeoJSON e Shapefile ESRI.

Use o Reach RS para configurar sua própria estação base e transmita correções através da rede via NTRIP / TCP ou rádio LoRa. Registrando logs de base para pós-processamento.

RS+

E caso você esteja preocupado que seja muita coisa para conectar antes de enfim entrar em campo, você está errado.

O Reachs RS+, assim como seu sucessor, já pode sair trabalhando assim que você retirar ele do estojo. Graças a sua interface e softwares nativos, ele dispensa a compra de outros programas para você poder iniciar seu trabalho. 

Basta acessar seu RTK via Ip, ou então baixar o app Reach View 2 / 3 no seu smartphone nas lojas de aplicativos da marca do seu aparelho.

QUER ENTRAR NO MUNDO DA EMLID?

Clique abaixo e seja também um líder no mercado da Geomensura

Melhore seu tempo de coleta com o GS18T

gs18t blog

As vezes parece que precisamos que o dia tenha 30 horas, não é mesmo? Temos que calibrar nosso equipamento, carregar as baterias, carregar a controladora, organizar o material, estudar o mapa e/ou o campo que iremos coletar os dados, viajar até o local, configurar tudo e finalmente começar o trabalho.

 

Porém, é nesse momento que começa outra rodada de pequenas tarefas que somadas, ao final do dia te tiram quase 20% do tempo disponível para a coleta de seus dados.

GS18T blog

Quais os desafios atuais do levantamento com RTK convencional?

A necessidade de nivelar manualmente o bastão com uma bolha de nível e a posição do centro da fase sendo reduzida para a ponta do poste (considerando o deslocamento do centro da fase da antena e o comprimento do poste), resultam em uma série de desvantagens para o usuário:

  • Em termos de produtividade, nivelar o poste leva tempo, principalmente na implantação, onde precisa ser repetido iterativamente.
  • Com relação à precisão, segurar o bastão na vertical é influenciado por erros humanos e imperfeições instrumentais, como uma bolha desajustada.
  • Em relação à aplicabilidade, nem sempre é possível segurar o poste verticalmente em um ponto alvo, por exemplo, ao medir cantos de edifícios.

Quais são os principais benefícios do Leica GS18T?

Existem vários benefícios do novo rover:

  • Livre de calibrações no local
  • Imune a distúrbios magnéticos
  • Aplicável em grandes ângulos de inclinação
  • Visualização 3D auxiliada por direção.

O novo Leica GS18 T GNSS RTK rover combina GNSS e IMU para ajustar automaticamente a inclinação do poste a partir do prumo, o que aumenta a produtividade, estende a aplicabilidade do RTK e reduz os erros humanos. Melhora a experiência geral do usuário além da comparação.

A definição de ser “o rover GNSSS RTK mais rápido do mundo” é baseada em três pilares: técnica de compensação de inclinação baseada em IMU em combinação com RTK instantâneo . Isso permite a mais alta produtividade (precisão e confiabilidade – particularmente em levantamentos topográficos) e fornece precisão semelhante às medições feitas ao nivelar o poste manualmente.

Devido à compensação de inclinação, não há necessidade de nivelar o poste, o que aumenta a produtividade em uma média de 20 por cento em relação às práticas convencionais de levantamento GNSS RTK. Além disso, o GS18 T utiliza acelerações de alta taxa e velocidades angulares do MEMS IMU para determinar a atitude do poste em tempo real. Como essas medições IMU não são afetadas por campos magnéticos, o GS18 T é imune a distúrbios magnéticos e não requer calibrações demoradas no local. Ele funciona fora da caixa e é mais rápido do que os sistemas baseados em magnetômetros.

GS18T Blog

Há sempre a questão de acessar alvos difíceis – como esquinas de prédios e pontos obstruídos

Com o GS18 T isso não é mais considerado um desafio. Devido à compensação de inclinação baseada em IMU, os alvos que anteriormente não eram acessíveis com GNSS, agora podem ser medidos diretamente com RTK, mesmo em grandes ângulos de inclinação de mais de 30 graus.

Com os benefícios do rastreamento de sinal avançado , o GS18 T é especialmente adequado para aplicações RTK onde o céu é parcialmente visível, por exemplo, operando próximo a linhas de árvores, sob folhagens ou em desfiladeiros urbanos. Ao aplicar a compensação de inclinação baseada em IMUdo GS18 T, não há limite para o ângulo de inclinação máximo desde que um número suficiente de satélites GNSS seja rastreado para poder fornecer soluções RTK de alta precisão.

Grandes ângulos de inclinação são um problema do passado. O GS18 T é aplicável a medições de pontos ocultos (por exemplo, cantos ocultos ou pontos parcialmente bloqueados por carros estacionados).

Comparação entre um RTK convencional e o GS18T

Do ponto de vista do usuário: usando compensação de inclinação , a medição instantânea fornece um nível de precisão semelhante à medição RTK estática, juntamente com um efeito favorável de economia de tempo .

Em comparação com o RTK convencional com um poste vertical, o RTK com compensação de inclinação aumenta significativamente a produtividade em até 33% e melhora consideravelmente o desempenho de posicionamento próximo ao edifício em relação à disponibilidade e precisão.

Em um estacionamento com distúrbios magnéticos , a compensação de inclinação baseada em IMU produz posições mais precisas e CQ mais realista do que a abordagem baseada em magnetômetro.

O RTK de compensação de inclinação baseado em IMU é aplicável em grandes ângulos de inclinação de mais de 30 graus , onde ainda é possível obter uma precisão de posicionamento 3D de 2 cm .

Ao incorporar a direção do sensor na visualização 3D dos arredores, o usuário pode se orientar facilmente no ambiente de levantamento, o que melhora a produtividade e a experiência do usuário.

As informações de atitude das medições RTK compensadas por inclinação são totalmente rastreáveis, permitindo a garantia de qualidade para os próprios usuários e seus clientes.

QUER PARAR DE DESPERDIÇAR TEMPO

na sua coleta de dados em campo?

X-PAD Ultimate: X-TILT

O aplicativo de campo para Android X-PAD Ultimate, recentemente disponibilizou uma ferramenta que possibilita a coleta de pontos com o bastão inclinado, mesmo com o receptor não tendo nenhum tipo de sensor interno, como tradicionalmente é utilizado por receptores disponíveis no mercado, e que já fazem medições inclinada, porém, apresentam um alto custo. Essa ferramenta, por tanto, funciona para pontos coletados por receptores GNSS, bem como pontos coletados por estações totais através de prismas.


Essa tecnologia baseia-se nos sensores IMU (inertial measurement unit) do dispositivo de coleta. O procedimento exige a priori uma rápida e fácil calibração, na qual o dispositivo de coleta pode estar inclinado, e em seguida, no X-PAD, basta seguir a instruções, visualizar a bolha eletrônica e finalizar a calibração.

Uma vez que essa ferramenta se baseia nos sensores da coletora, ela se estende a todos os modelos de receptores GNSS e algumas estações total da fabricante GEOMAX, desde que, o X-PERT da licença não esteja expirado, o que impossibilita os clientes mais antigos de terem acesso a essa tecnologia, sendo necessário sua reativação, a qual possui um custo.

Após a calibração, parte-se para a coleta de pontos inacessíveis, que exigirá que se faça medições com bastão inclinado, sendo necessário a medição do ponto em questão em duas direções, e assim, as coordenadas do ponto serão calculadas automaticamente. Lembrando que isso também vale para coleta de pontos com estações total utilizando prisma.

Obviamente para melhores resultados há algumas recomendações, como já mencionado, utilizar a coletora da forma mais estável possível, o bastão utilizado deve estar com a sua bolha calibrada, e de preferência ao realizar o procedimento de medição com o bastão inclinado em relação a duas direções, o ângulo formado por essas direções deve ser próximo a 90°.

 Sobre os benefícios, essa função por ser compatível com qualquer receptor GNSS ou estação total da GEOMAX que é suportada pelo X-PAD, não requer nenhum hardware especial desses equipamentos. Com essa função a medição de pontos inacessíveis é feita de maneira mais rápida e mais fácil que se comparada aos métodos tradicionais que se baseiam em medições de off-sets e distâncias. Possui uma calibração imediata e resultados acurado.

Para mais informações sobre essa ferramenta, que é uma solução única no mercado, entre em contato com a Guandalini Posicionamento ou como nossos parceiros mais próximos.

X-PAD Office Fusion – Pós Processamento de Dados

A Geomax inovou mais uma vez em seu portfólio de produtos e desenvolveu o Software X-PAD Office Fusion para Pós Processamento de dados GNSS.

Este novo módulo permite o controle e visualização dos dados levantado em campo, assim como a realizaçãõ do Pós Processamento dos dados brutos, tudo em um único ambiente de trabalho. A imagema abaixo mostra a tela do programa com a visualização dos dados de campo medidos pela controladora. Desta forma é possível analisar como foi realizado o trabalho, facilitando as integrações entre as equipes de escritório e campo. 

Considerando uma empresa que tenha as equipes separadas, ao final do dia, os equipamentos são descarregados, para saírem no próximo dia logo pela manhã para outra obra. Neste momento, com a utilização do Software X-PAD Office Fusion, a equipe de escritório gerencia os dados descarregados, sem a necessidade dos equipamentos estarem presente.

Para utilização do Pós Processamento de dados, o usuário basta clicar em um botão dentro do programa, para ser direcionado à plataforma de manuseio dos dados brutos. A imagem abaixo ilustra este módulo, exemplificando a facilidade e funcionalidade das ferramentas presentes, tais como, analise gráfica de pontos Base e Móvel (Rover), botões intuitivos com desenhos para facilitar o manuseio dos arquivos, lista de pontos com diversas informações organizadas por colunas, download de dados da RBMC Brasil muito rapidamente, visualização do mapa de fundo ao seu levantamento com imagens do Google Imagens, otimizando e esclarecendo possíveis dúvidas diretamente dentro do Fusion. 

Para conhecer melhor o programa e experimentar na prática, entre no site da Geomax e baixe o Software Completo por 30 dias para explorar estas poderosas ferramentas. O download pode ser feito gratuitamente pelo link: https://geomax-positioning.com/products/software/x-pad-suite/x-pad-fusion

 

 

Emlid Reach RS2 alcança 8km com rádio interno

Tempo de leitura: 6 minutos

A equipe técnica da Guandalini Posicionamento realizou um teste de alcance utilizando o rádio interno do Emlid Reach RS2, que é um rádio de nova concepção, de baixo consumo de bateria e frequência diferente dos demais rádios do mercado.

Com o Reach RS2 você alcançará longas distâncias com um equipamento robusto, leve (950g) e a prova d’água e poeira (IP 67). O rádio LoRa interno do Reach RS2, alcançou 8 km de linha de base!  Para entender a disposição da base e rover, realizamos o teste KML na cidade de Inconfidentes, MG, região montanhosa, e mesmo assim, foi possível alcançar os 8 km.

Ambos receptores utilizavam apenas o rádio interno, cuja potência é de 100 mW, a antena utilizada foi a que acompanha o equipamento, ou seja, qualquer pessoa que adquirir duas unidades do Reach RS2 consegue reproduzir o teste, sem necessidade de nenhum rádio ou antena especial.

Conheça o receptor Reach RS2 da marca EMLID, um receptor que possui uma tecnologia inovadora, de fácil utilização. Chega de rádio externo, cabos e coletoras caras e ultrapassadas, com apenas um celular na palma da mão e o aplicativo ReachView 3 disponível gratuitamente para android e IOS, pelo Wi-Fi, configure, crie obras, colete e implante seus pontos de maneira simples e rápida.

O Reach RS2 é composto por uma placa GNSS multifrequência (L1/L2/L5), multiconstelação (GPS, GLONASS, Galileo, BeiDou e QZSS). Possui uma incrível bateria interna, com autonomia de até 22 horas no modo pós e 16 horas em RTK.

Colete arquivos brutos diretamente no formato RINEX (5Hz – 10Hz), para realização de transportes e pós processamento de pontos. Usufrua da possibilidade de trabalhar com o seu receptor no modo NTRIP, conectando a redes geodésicas e obtendo solução fixa com alta precisão em longas linhas de base.

Acesse o receptor de maneira simples e fácil via Wi-Fi. Usufrua do aplicativo da própria EMLID, disponível gratuitamente. Com este aplicativo intuitivo e de fácil configuração, trabalhe sem maiores dores de cabeça. Colete e implante os seus projetos de maneira simples e fácil.

 

 

 

 

Levantamento Batimétrico com Reach RS+: Lago Marine Creek, Texas

Tempo de Leitura: 6 minutos.

Hoje em dia a batimetria de alta precisão é possível graças às tecnologias GNSS. Não há maneira mais simples de descobrir o que está embaixo d’água ou como é o relevo submarino sem utilizar métodos que não integram informações de posicionamento acurados em conjunto a outros sensores. A SimpleUnmanned, uma empresa localizada em Kerens, Texas, realizou pesquisas no lago Marine Creek para descobrir a profundidade do lago em toda a sua extensão.

Homem ao lado de lago

Descrição gerada automaticamente

Figura 1: Willis Maxson, da SimpleUnmanned.

A equipe tinha duas partes do lago para explorar, ambas com a utilização da técnica PPK, com um receptor Reach RS+ embarcado em um veículo não tripulado, controlado remotamente. Uma parte foi levantada usando como base o Reach RS+ que estava no local e a segunda parte usou dados da base do CORS1 mais próxima do local para pós-processar os resultados.

1: CORS (Continuously Operating Reference Stations, em português Estações de referência em operação contínua) é um serviço similar, no Brasil, à RBMC do IBGE ou ao CEGAT. É uma rede que fornece dados GNSS de estações espalhadas pelo território norte-americano em tempo integral.

Preparação para as missões

Para esta missão, as equipes utilizaram:

  1. Duas unidades Reach RS+: uma como base e outra como rover móvel;
  2. Um veículo de superfície não tripulado (UAV) – um barco para montar o receptor;
  3. Um sistema de sonar instalado no barco para coletar dados sobre a profundidade; e
  4. Uma estação CORS próxima para obter os dados para pós-processamento.

Figura 2: Imagem dinâmica do Reach RS+ acoplado ao veículo não tripulado.

Parte I: Levantamento PPK com o Reach RS+ de base

O primeiro passo é planejar a missão autônoma do barco. O barco com o receptor Reach RS+ embarcado segue a rota planejada e registra os dados para pós-processamento cinemático. Ao explorar a primeira parte do lago, a equipe usou uma segunda unidade Reach RS+ como base. Ele foi colocado na costa registrando dados brutos para realização posterior do processamento.

Figura 3: Passos de execução do projeto.

Os dados de posição do receptor Reach RS+ foram, posteriormente, mesclados com os dados de profundidade do sonar. Usando os dois conjuntos de dados, a equipe criou um mapa de profundidade do lago. Com o Reach RS+, a SimpleUnmanned conseguiu atingir uma precisão de levantamento de nível centimétrico.

Parte II: Levantamento PPK com a base do CORS

O fluxo de trabalho era praticamente o mesmo da primeira parte. No entanto, a equipe optou por usar dados da base CORS próxima ao local. Esta base estava situada a poucos quilômetros do local de levantamento.

O veículo com o receptor Reach RS+ embarcado seguiu o roteiro planejado. Os dados do receptor foram posteriormente processados ​​juntamente com os dados da base CORS. A correção permaneceu fixa durante toda a missão.

Figura 4: Resultado da parte II, utilizando como base a estação da CORS.

Não há necessidade de integrar o Reach RS+ ao sistema do barco quando se trabalha no modo PPK. No entanto, a equipe teve que ficar atenta aos dados do sonar, para ter certeza de que estavam em conformidade com os dados de posicionamento do receptor GNSS.

Receptores Reach para batimetria

Tanto o Reach RS+ quanto o Reach RS2 estão equipados para trabalhar na água. Eles são à prova d’água e se encaixam perfeitamente em levantamentos de superfície de lagos ou rios. Os receptores obtêm a precisão de até um centímetro, recebendo as correções via protocolo de rádio LoRA ou via protocolo NTRIP.

Se o problema for espaço ou o peso dos receptores, os módulos M+ ou M2 podem solucioná-lo. Eles funcionam exatamente como os receptores e com a sua precisão, com a diferença de poder posicionar a antena separada do módulo GNSS, gerando novas possibilidades de montagem de seu veículo não tripulado.
O aplicativo ReachView 3 está disponível gratuitamente para iOS e Android. Saiba mais e escolha seu receptor Reach para levantamentos!

Postado originalmente em: https://emlid.com/br/performing-rtk-ppk-bathymetric-surveys-reach-rs/

Conheça o X-PAD Office Fusion

Tempo de leitura: 4 minutos.

Você já ouviu falar sobre o X-PAD Office Fusion?

O X-PAD Fusion é um software de desktop que integra dados geoespaciais de diversos equipamentos, tais como: Estações Totais, GNSS, Scanners e outros sensores em um único ambiente.

Diferente de outras soluções de software do mercado, o X-PAD Fusion oferece aos nossos clientes uma solução que gerencia as medições, coordenadas, desenhos, nuvens de pontos e outros tipos de dados em UMA ÚNICA plataforma de forma simples e intuitiva.

Um novo conceito de software para processar todos os tipos de dados geoespaciais com integração real de diferentes informações: fácil importação de dados, cálculos, ajustes, registro de varredura e gerenciamento de nuvens, pontos, medidas, superfícies e imagens, utilidades topográficas e funções de desenho. 

Da importação aos desenhos finais, o X-PAD Office Fusion oferece as melhores ferramentas sem ter que passar dados de um programa para outro. Você pode carregar dados dos equipamentos, calcular, visualizar e gerenciar. 

Com o X-PAD Office Fusion você pode lidar com diferentes tipos de dados: medidas, pontos, desenhos, superfícies, seções transversais e nuvens de pontos. Com o gerenciador de projetos, você organiza os dados no mesmo arquivo de trabalho. Múltiplas sessões de pesquisa e diferentes grupos de desenhos podem ser gerenciados e os dados tornados visíveis ou invisíveis em a qualquer momento.

Visibilidade de dados em um ambiente de trabalho moderno, projetado para dados geoespaciais, e um poderoso CAD 3D são a estrutura básica na qual os módulos topográficos e de scanner a laser foram desenvolvidos.

O X-PAD Office Fusion CAD combina os dois, um CAD projetado para operar de acordo com os padrões definidos pelo AutoCAD, mas também feito para uso topográfico. Quando você precisa indicar uma coordenada, pode digitar o nome do ponto correspondente; ou você pode selecionar objetos topográficos (pontos e linhas) de acordo com o código de levantamento.

Além de contar com uma poderosa ferramenta em Nuvem, onde as equipes de campo e escritório ficam interligadas, realizando tráfego de informações entre os equipamentos e computadores em escritório, ganhando produtividade no dia a dia.

Maior Capacidade de Armazenamento

Sabia que com a EMLID você tem 16 GB de armazenamento e mais de 160 dias de registro? Demais, não é mesmo?

Além disso, o REACH RS2 atende totalmente 3º NTGIR! A coleta de pontos e registro de dados brutos são independentes e podem ser usados juntos em coletas no modo RTK.

Por essas e todas as outras vantagens que já falamos por aqui, não perca tempo e Seja EMLID você também!

Aguardamos o seu contato.

Maior Autonomia de Trabalho

Com a EMLID você terá maior autonomia de trabalho! É muito fácil verificar o nível da carga da bateria em tempo real, basta clicar na tecla ligar.

Além disso, a LiFePO4 resiste muito bem a altas e baixas temperaturas, tornando possível realizar trabalhos nos mais diversos locais.

Com apenas uma carga você terá 22 horas contínuas registrando dados brutos e 16 horas com rover 3G. Não é necessário carregar baterias sobressalentes.

As vantagens não param por aqui, para recarregar seu REACH RS2 basta ter um porta USB ou powerbanck, que pode ser o do seu próprio smartphone! Muito simples e barato!

Incrível, não é mesmo? E você, o que está esperando pra ser EMLID também?

Entre em contato conosco para saber mais informações e Seja EMLID!

Correções EMLID NTRIP CASTER

É muito fácil usar os equipamentos da EMLID. Basta se inscrever no FORUM e suas credenciais NTRIP serão geradas automaticamente. Além disso, a conectividade aceita 5 bases e até 10 unidades rovers ao mesmo tempo.

A ténica RTK/GSM oferece somente vantagens! Uma delas é poder trabalhar em áreas urbanas com muito mais praticidade por não ter que transportar a base com grande frequência e obstrução da correção RTCM.

Com todas essas facilidades, está esperando o que para adquirir seu equipamento EMLID?

Seja EMLID você também! Consulte-nos para saber mais informações.