Levantamento Batimétrico com Reach RS+: Lago Marine Creek, Texas

Tempo de Leitura: 6 minutos.

Hoje em dia a batimetria de alta precisão é possível graças às tecnologias GNSS. Não há maneira mais simples de descobrir o que está embaixo d’água ou como é o relevo submarino sem utilizar métodos que não integram informações de posicionamento acurados em conjunto a outros sensores. A SimpleUnmanned, uma empresa localizada em Kerens, Texas, realizou pesquisas no lago Marine Creek para descobrir a profundidade do lago em toda a sua extensão.

Homem ao lado de lago
Descrição gerada automaticamente

Figura 1: Willis Maxson, da SimpleUnmanned.

A equipe tinha duas partes do lago para explorar, ambas com a utilização da técnica PPK, com um receptor Reach RS+ embarcado em um veículo não tripulado, controlado remotamente. Uma parte foi levantada usando como base o Reach RS+ que estava no local e a segunda parte usou dados da base do CORS1 mais próxima do local para pós-processar os resultados.

1: CORS (Continuously Operating Reference Stations, em português Estações de referência em operação contínua) é um serviço similar, no Brasil, à RBMC do IBGE ou ao CEGAT. É uma rede que fornece dados GNSS de estações espalhadas pelo território norte-americano em tempo integral.

Preparação para as missões

Para esta missão, as equipes utilizaram:

  1. Duas unidades Reach RS+: uma como base e outra como rover móvel;
  2. Um veículo de superfície não tripulado (UAV) – um barco para montar o receptor;
  3. Um sistema de sonar instalado no barco para coletar dados sobre a profundidade; e
  4. Uma estação CORS próxima para obter os dados para pós-processamento.

Figura 2: Imagem dinâmica do Reach RS+ acoplado ao veículo não tripulado.

Parte I: Levantamento PPK com o Reach RS+ de base

O primeiro passo é planejar a missão autônoma do barco. O barco com o receptor Reach RS+ embarcado segue a rota planejada e registra os dados para pós-processamento cinemático. Ao explorar a primeira parte do lago, a equipe usou uma segunda unidade Reach RS+ como base. Ele foi colocado na costa registrando dados brutos para realização posterior do processamento.

Figura 3: Passos de execução do projeto.

Os dados de posição do receptor Reach RS+ foram, posteriormente, mesclados com os dados de profundidade do sonar. Usando os dois conjuntos de dados, a equipe criou um mapa de profundidade do lago. Com o Reach RS+, a SimpleUnmanned conseguiu atingir uma precisão de levantamento de nível centimétrico.

Parte II: Levantamento PPK com a base do CORS

O fluxo de trabalho era praticamente o mesmo da primeira parte. No entanto, a equipe optou por usar dados da base CORS próxima ao local. Esta base estava situada a poucos quilômetros do local de levantamento.

O veículo com o receptor Reach RS+ embarcado seguiu o roteiro planejado. Os dados do receptor foram posteriormente processados ​​juntamente com os dados da base CORS. A correção permaneceu fixa durante toda a missão.

Figura 4: Resultado da parte II, utilizando como base a estação da CORS.

Não há necessidade de integrar o Reach RS+ ao sistema do barco quando se trabalha no modo PPK. No entanto, a equipe teve que ficar atenta aos dados do sonar, para ter certeza de que estavam em conformidade com os dados de posicionamento do receptor GNSS.

Receptores Reach para batimetria

Tanto o Reach RS+ quanto o Reach RS2 estão equipados para trabalhar na água. Eles são à prova d’água e se encaixam perfeitamente em levantamentos de superfície de lagos ou rios. Os receptores obtêm a precisão de até um centímetro, recebendo as correções via protocolo de rádio LoRA ou via protocolo NTRIP.

Se o problema for espaço ou o peso dos receptores, os módulos M+ ou M2 podem solucioná-lo. Eles funcionam exatamente como os receptores e com a sua precisão, com a diferença de poder posicionar a antena separada do módulo GNSS, gerando novas possibilidades de montagem de seu veículo não tripulado.
O aplicativo ReachView 3 está disponível gratuitamente para iOS e Android. Saiba mais e escolha seu receptor Reach para levantamentos!

Postado originalmente em: https://emlid.com/br/performing-rtk-ppk-bathymetric-surveys-reach-rs/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *